Publicado por: geovankubalc | 18 de Maio de 2010

O Que Significa Ter Um Amigo?

Certamente, todos nós alguma vez já escutamos aquela famosa música interpretada por Milton Nascimento: Canção da América. O principal verso nos trás à mente a idéia de que um “amigo é coisa para se guardar no lado esquerdo do peito…”. Com essa pequena frase, já se fala muito sobre o que é um amigo. Não a qualquer um damos este lugar tão privilegiado no nosso coração.

Quando éramos pequenos dizíamos: “Mãe, vou sair com o meu amigo”. Considerávamos amigo aquele em quem confiávamos nossos segredos e vice-versa. Havia uma mútua confiança. Lembramos com grande estima desses amigos. Desde terna idade, sabíamos muito bem o quanto valia uma boa amizade. Esses amigos guardávamos ou ainda guardamos “no lado esquerdo do peito”.

Pensamos em Jesus Cristo sempre com muito respeito. Mas, às vezes, não O imaginamos como uma pessoa normal que tinha amigos como todos têm. Porém, Ele mesmo sendo Deus quis vir ao mundo como cada um de nós. “Eu já não vos chamo servos, vos chamo amigos” (Jo 15, 15). Estas palavras ressoam freqüentemente nos nossos ouvidos, mas não chegamos a compreender bem o que significam. No Antigo Testamento, as pessoas se consideravam servas de Deus. A dignidade divina era tão alta que nem se ousava levantar a cabeça quando se estava em oração à Sua presença.

Jesus, vindo a este mundo e se fazendo homem, quis quebrar este trato frio que tínhamos com Deus. Fez-nos compreender que verdadeiramente existe um abismo de dignidade entre Deus e nós, mas, mesmo assim, Ele quer ter um trato mais pessoal conosco. Quer ser nosso amigo íntimo. Podemos dizer que, sendo amigos de Cristo, fazemos parte deste grupo que está gravado no Seu Coração.

Cristo chamou os doze apóstolos pelos seus próprios nomes para estarem com Ele e ensiná-los (Mt 10, 1-4). Estiveram durante três anos sendo instruídos sobre o Amor a Deus, que depois transmitiriam a todos os homens. Aprenderam tudo sobre Jesus para depois anunciá-Lo ao mundo.

Ainda hoje, Cristo continua procurando amigos, para que percorram este mundo sedento de Deus e preguem a Boa-Nova do Evangelho. “Ide por todo o mundo…” (Mc 16, 15), essa é a convocação que Ele faz ao encontrar cada um de nós.

Para isso serve um amigo. Cristo, hoje, necessita mais do que nunca de um.

Vença o mal com o bem!


Responses

  1. “Guardei a minha fé mesmo dizendo: é demais o sofrimento em minha vida. É sentida por demais pelo Senhor, a morte de seus santos, seus amigos. Por isso andarei na presença de Deus, junto a Ele na terra dos vivos…”
    O salmista nos diz que Deus se entristece com a morte de seus amigos. A mesma Palavra de Deus nos diz que “quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro”.
    Se nós mesmos entristecemo-nos com o sofrimento de nossos amigos, o que dizer de Deus, que nos criou à sua imagem e semelhança?
    Deus era amigo de Moisés; tão íntimos eram que conversavam face a face, mas nem por isso o Senhor deixou passar em brancas nuvens o fato de Seu amigo haver abandonado sua esposa para unir-se a uma outra mulher, uma etíope. Chamou-o à tenda e repreendeu sua insensatez e fez com que o maior profeta do Velho Testamento compreendesse seu erro e voltasse atrás, arrependido. Assim são os verdadeiros amigos, quando erramos, chaman-nos às falas, carinhosamente, e nos fazem compreender que estamos errados. São muitas as vezes em que não gostamos da correção mas, depois de passado o tempo, compreendemos que de fato temos um grande amigo. Assim é Jesus, que com sua misericórdia nos leva a saber, através de Seu Santo Espírito, as verddes que tantas vezes teimamos em esconder Dele mesmo, que tudo sabe. E compreende, e porque compreende jamais deixará de ser nosso amigo maior.
    Santo e feliz Pentecostes a todos nós, com as bênçãos do Altíssimo.


Categorias

%d bloggers like this: